ELA$

Enquanto nossos corpos forem mercadoria, eles lucram. E nós,  continuaremos pagando o preço com nossa liberdade e com nossa vida.

Enquanto nossos corpos forem mercadoria, eles lucram. Enquanto nós, continuaremos não sendo consideradas pertencente à espécie humana, continuaremos  distantes de usufruir de forma plena dos nossos direitos

Enquanto nossos corpos forem mercadoria, eles lucram.  E nós,  continuaremos sendo tratadas como objetos inanimados, um objeto sem voz e sem vontade, que pertence a todos, exceto a nós mesmas. 
 

Com quantos anos você começou a ter vergonha de andar sem camiseta? 
Com quantos anos você começou a ter vergonha do seu corpo? 
Com quantos anos você sofreu seu primeiro assédio? 

Ser mulher carrega consigo uma etiqueta que nos coloca à venda, já percebeu, que mesmo naqueles filmes desconstruídos que falam de feminismo, nossos seios aparecem apenas em cenas sensuais? E que nosso corpo é censurado quando se aproxima do natural? Afinal, ainda existe quem ache errado uma mãe amamaentar seu filho na presença de mais seres da sua espécie. 
E tem aqueles, que unem fé com política, embora sigam uma religião que ensina a não julgar, eles se colocam no papel de juízes, onde condenam a vítima e absorvem o agressor.