Barreiras invisíveis

Barreiras-invisiveis-para-os-Direitos-Humanos2- copiar.jpg

Tudo está ao nosso alcance

São só coisas da sua cabeça

Só depende de você 

Você está assim pois você quer 

Vai respira. 

Se você acreditar vai conseguir 

O que te impede de respirar? 

Não respira, pois não quer 

Se está se afogando foi porque quis 

Se eu respiro, você também pode 

Quem mandou entrar na Água. 

……………..

As barreiras invisíveis são muitas vezes as mais difíceis de serem superadas, quebradas e destruídas, quase como se aquilo que não é visível, não fosse real.
Na saúde, isso é evidenciado na dificuldade de tratar e falar sobre problemas mentais, onde, por vezes não são consideradas ou até mesmo é procurado soluções espirituais no lugar de um tratamento para saúde.

Enquanto um pé quebrado te leva imediatamente para um hospital, uma doença mental às vezes leva anos, e quando ela te leva para o hospital, nem sempre você consegue sair de lá. Mas se pararmos para refletir, se alguém levasse dois anos para tratar um pé quebrado, talvez nunca voltaria a andar.   


Já na sociedade,  As barreiras invisíveis impedem que possamos usufruir de foma igual de todos os nossos, são quase que um questionamento sobre quem é considerado humano e tem seus direitos assegurados pela declaração dos direitos humanos. E faz questionar que se para  a lei e para Deus, somos todos iguais, no que se baseia quem constrói essas barreiras?

………………..
Leitura de obra:
A proposta da fotografia + texto é fazer um questionamento sobre o acesso aos direitos humanos e trazer a questão das barreiras que são invisíveis e que impedem as pessoas de usufruírem de seus direitos.

Na fotografia isso é representado onde a pessoa na foto apresenta um desespero de querer respirar (ter seus direitos) e não conseguir como se existisse uma barreira entre ela e o ar (as barreiras invisíveis, como os preconceitos e tudo aquilo que segrega sem uma barreira física).

whats 2.png

Fale conosco